©2020 by Bandeca Serviços Médicos

Siga

Você deveria estar tomando óleo de peixe? O que um cardiologista conta a seus pacientes

"Devo tomar óleo de peixe?" A pergunta veio de Karen, uma paciente minha, que sofreu um ataque cardíaco há três meses.

 

Karen está indo muito bem. Ela está participando de reabilitação cardíaca, tomando seus medicamentos e seus números de colesterol são ótimos, mas ela se pergunta se há algo mais que ela deveria estar fazendo.

 

Como cardiologista, meus pacientes me perguntam frequentemente sobre suplementos de óleo de peixe. E assim como Karen, esses pacientes querem fazer tudo o que podem para manter seu coração saudável e tem ouvido que os suplementos de óleo de peixe são uma boa ideia.

 

É uma pergunta simples, mas a resposta é tudo menos simples. Se os suplementos de óleo de peixe são benéficos ou não se tornaram bastante controversos nos últimos anos, e para mim, como muitos médicos, a recomendação que eu dou hoje não é a mesma que eu dei há 10 anos.

 

Suplementos de óleo de peixe são bons para o coração?

 

A história do óleo de peixe e da saúde do coração começou com a observação de que várias populações (como os inuits nas regiões árticas) que tinham uma alta ingestão de peixes gordurosos também tinham baixas taxas de ataque cardíaco e derrame. Uma vez que essas dietas são ricas em gorduras poliinsaturadas, ou ácidos graxos ômega-3, isso levou à hipótese de que essas gorduras podem ser boas para a saúde do coração.

 

No final dos anos 90, um grande estudo italiano (chamado estudo GISSI) mostrou que os sobreviventes de ataque cardíaco aleatoriamente designados para suplementos de ácidos graxos poliinsaturados (ômega-3 ou óleo de peixe) tiveram uma redução na morte, ataque cardíaco e derrame em comparação com aqueles que não tomaram o suplemento. Isso levou a American Heart Association a recomendar suplementos de óleo de peixe a pacientes com doenças cardíacas, e muitos cardiologistas fizeram o mesmo. Não demorou muito para que os benefícios do óleo de peixe fossem promovidos até mesmo para pessoas sem doença cardíaca.

 

O óleo de peixe parecia ser um novo suplemento milagroso que quase todo mundo deveria estar tomando.

 

Mas, como muitas outras coisas, o óleo de peixe não era tão simples quanto parecia à primeira vista. Vários estudos subseqüentes, mais rigorosos, não mostraram benefícios cardíacos com suplementos de óleo de peixe.

 

O que a evidência diz?

 

A medicina se orgulha de ser "baseada em evidências". Na melhor das circunstâncias, isso significa que nossas recomendações e tratamentos foram vigorosamente testados em estudos científicos bem planejados e têm benefícios comprovados e reproduzíveis.

 

A medicina baseada em evidências funciona bem quando a evidência aponta principalmente para a mesma conclusão, mas o que devemos fazer quando há resultados mistos? Quando alguns estudos mostram um benefício, mas outros não? Normalmente, esta é uma situação em que a "verdade" depende do seu ponto de vista. Alguns vão olhar para as evidências e ver um caso mais forte de benefício. Outros não.

 

Uma estratégia comumente usada para decidir uma questão em que vários estudos mostraram resultados mistos é combinar todos os ensaios em um estudo, que é chamado de meta-análise. A ideia é que, combinando os dados, poderemos decidir melhor qual é a resposta correta.

 

Curiosamente, houveram 2 meta-análises no último ano para a suplementação de óleo de peixe. Um estudo mostrou um pequeno benefício. O outro estudo não o fez.

 

Devo tomar óleo de peixe?

 

Voltando à pergunta original do meu paciente, a resposta que ela provavelmente tem depende de quem ela pergunta.

 

Aqui está o que eu digo aos meus pacientes sobre suplementos de óleo de peixe.

 

1. Se houver um benefício para os suplementos de óleo de peixe, é provável que seja pequeno.

2. Uma maneira muito melhor para obter ácidos graxos ômega-3 é comer peixe gordo, como sardinha, arenque, atum voador e salmão, entre outros. A American Heart Association recomenda peixes (particularmente peixes gordurosos) pelo menos duas vezes por semana.

3. Se você decidir tomar um suplemento de óleo de peixe, encontre um suplemento de alta qualidade fabricado a partir de uma empresa respeitável.

 

O ponto principal: eu não recomendo suplementos de óleo de peixe para meus pacientes, e eu mesmo não os tomo. Acredito que ainda não descobrimos como colocar os ingredientes mágicos de alimentos saudáveis ​​em uma pílula, mas entendo que os outros analisarão os dados e chegarão a uma conclusão diferente.

 

Observação: Entendo que a leitura e a interpretação depende de experiências individuais, o entendimento dos artigos nunca é um substituto para aconselhamento médico profissional, diagnóstico ou tratamento de um profissional de saúde qualificado. Se você acha que pode ter uma emergência médica, ligue para seu médico.

 

Aqui estão os links para os estudos recentes, esse aqui provou um pequeno benefício, enquanto esse outro mostrou que não houve benefício.

 

 

Please reload

Our Recent Posts

Please reload

Archive

Please reload

Tags

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now